Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/02/17 às 12h24 - Atualizado em 19/09/19 às 15h48

Renovação de validade de cartões do Passe Livre nos ônibus é normalizada

COMPARTILHAR





Nesta quinta-feira (9), as validades dos cartões do Passe Livre Estudantil de Brasília sem pendências nos cadastros voltam a ser renovadas diretamente nos ônibus da cidade — não é preciso ir ao posto do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans). Desde a primeira semana de fevereiro, quando o sistema foi atualizado pelo órgão, problemas técnicos impediram que alunos usassem o benefício nos coletivos.

Segundo o diretor-geral do DFTrans, Léo Carlos Cruz, houve duas dificuldades. A primeira foi com os validadores dos coletivos, porque algumas empresas não atualizaram a lista de estudantes. A outra, depois de trocados os equipamentos, ocorreu no sistema eletrônico.

Devido à falha, as datas de validade de uso dos cartões, que expiravam em 15 de janeiro, não podiam ser alteradas para julho nos validadores dos ônibus, o que forçava os estudantes a ir aos postos do DFTrans, e isso resultou em longas filas.

“Agora, a menos que o cartão apresente defeito físico ou haja pendências no cadastro, todos conseguirão regravar a data nos validadores dos ônibus”, garantiu Cruz. Em casos de deformidades no chip ou na estrutura física do cartão, o usuário deve comparecer a unidades do DFTrans que prestam serviços ao programa Passe Livre Estudantil para fazer a troca e atualizar a validade do cadastro. Já as pendências podem ser resolvidas no site www.passelivreestudantil.df.gov.br, na aba “Acompanhe seu Cadastro”. 

Unidades do DFTrans com atendimento ao Passe Livre Estudantil

Na Hora de Ceilândia

Shopping Popular da Ceilândia, Piso Superior, QNM 11, Área Especial, Ceilândia Sul


Na Hora de Taguatinga

QS 3, Lote 11, Lojas 4 a 8, Pistão Sul, Águas Claras


Na Hora do Gama

Área Especial 1, E/Q 55/56, Setor Central, Gama


Sobradinho

Quadra Central, Conjunto L, Terminal Rodoviário, Loja 9, Sobradinho


Galeria dos Estados

Estação de metrô Galeria, Lojas 1 a 7, Setor Comercial Sul

Fonte: agência brasília

Leia também...