Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/12/13 às 18h54 - Atualizado em 11/12/13 às 18h54

Motoristas da nova frota participam de ação no DFTrans

COMPARTILHAR


O pátio de vistoria do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) recebeu, nesta quarta-feira (11), motoristas de coletivos da nova frota para participar da ação ‘Saúde no Trânsito e no Transporte Coletivo’. 

 

Os rodoviários fizeram testes de glicemia, triglicerídeo, colesterol, acuidade auditiva, entre outros. “Meu colesterol ficou um pouco acima do limite e recebi a orientação para praticar atividade física e melhorar a alimentação”, conta Luís Cláudio Rodrigues, que trabalha no sistema há 21 anos e hoje é motorista da Viação Piracicabana.   

 

Além dos exames, os motoristas também tiveram a oportunidade de assistir a palestras sobre prevenção de acidentes de trânsito e de alcoolismo. “Estou confiante com os resultados, pois eu me cuido”, ponderou Marcelo Júnior, rodoviário da São José, antes de iniciar os exames. “Há dois anos, a empresa patrocinou um evento semelhante e o resultado foi muito satisfatório”, lembra.

 

Após passar pela triagem e pelos testes, os rodoviários receberam orientações de técnicos da Secretaria de Saúde. “Pela nossa experiência, os maiores problemas da classe são os de audição e de estresse. Nos casos mais complexos, fazemos a indicação de onde eles podem procurar auxílio”, destaca a diretora do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador do DF (Cerest/DF), Elienai de Alencar.

Parceria – A ação foi articulada com o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/Senat), além do Cerest, vinculado à Secretaria de Saúde.

“A ideia é que atividades como essa aconteçam frequentemente para otimizar os serviços prestados pelo sistema de transporte público coletivo”, avalia o diretor-geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Marco Antonio Campanella.  

Além da avaliação de saúde nos motoristas, também foi feita a aferição dos níveis de poluentes e equipamentos de alguns ônibus da nova frota.