Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/03/15 às 13h34 - Atualizado em 7/11/18 às 16h04

Estação Metrô Cultura: música de boa qualidade e de graça!

COMPARTILHAR

Apresentações ocorrem quinzenalmente na Estação Central, sempre às sextas-feiras, às 17h30

Começa nesta sexta-feira, dia 20, a segunda edição do Projeto Estação Metrô Cultura. O happy hour é realizado quinzenalmente às sextas-feiras e a atração da vez é o Duo André Tavares e Oswaldo Amorim. Os dois instrumentistas e compositores vão se apresentar de graça, às 17h30, na estação Central. Eles executarão uma mostra da trajetória musical, que já reúne 15 anos de parceria em trabalhos no Brasil e no exterior.
O repertório reúne composições próprias, música brasileira, Jazz, Beatles, sempre com arranjos originais e adaptados para a sonoridade do Baixo e do Violão. São sucessos do CD “Na Estrada”, que faz um retrato sonoro do trabalho dos artistas, e enfatiza a riqueza da música popular brasileira. O CD foi gravado com o apoio do FAC, e contém 12 faixas (composições próprias) gravadas e mixadas em Brasília e masterizado em Nova York.
Instrumentistas, compositores e arranjadores, esses dois músicos têm muito em comum; nascidos no Rio de Janeiro e residindo em Brasília há vários anos; professores efetivos da Escola de Música de Brasília (EMB); graduados em Música pela Universidade de Brasília (UNB) e possuem Mestrado em Jazz Performance nos EUA (Nova York): Oswaldo Amorim -“Manhattan School of Music”, e Paulo André – Queens College.
Além dos inúmeros shows e gravações no Brasil, no exterior, dividiram o palco em Quito – Equador (1997), representando o Brasil no Festival Cultural do Mercosul com o grupo Nova Bossa; estiveram em turnê pela Rússia e Ucrânia (2002), acompanhando o pianista e compositor russo Andrei Kondakov; durante os anos que residiram em Nova York (1998-2002) atuaram intensamente com diversos artistas locais e de fora dos EUA, tendo se apresentado em casas consagradas, tais como: Blue Note, Birdland, SOB’s, Zinc Bar, Le Bar Bat, Cleopatras Needle, Kniting Factory, Izzy Bar, Lincoln Center, Decade, Shine, Museum of Natural History, Village Underground, Europa Club, entre outras.
De volta ao Brasil, no início de 2003, decidem começar um trabalho que represente e traduza a experiência musical vivenciada e compartilhada ao longo dos anos. Desde então o Duo já se apresentou na Casa Thomas Jefferson, Teatro Nacional “Just Jazz Festival” na sala Villa Lobos, Royal Palm Hotel (Campinas), September Fest (Patos de Minas), Café & Tarsia (Pirenópolis), FUNARTE (Sala Cássia Eller), Sala Martins Pena, Teatro do SESC Brasília, Hotel Sonesta, Schlob’s, Gate’s Pub, Cest Si Bon, Schlob’s, Embaixada da Ucrânia, Embaixada de Portugal, Eventos de premiação do projeto “Desafio SEBRAE” (Torre de TV e Memorial JK), Projeto Todos os Sons (CCBB), SESC Arsenal (Cuiabá), e em diversos eventos ligados ao governo Federal e distrital, além de Workshops que ministram dentro e fora de Brasília.

O projeto Estação Cultura abre espaço nas estações para artistas da cidade, que se apresentam e proporcionam aos usuários o acesso gratuito à arte e cultura.
As apresentações programadas para o Estação Metrô Cultura são uma contrapartida dos artistas beneficiados com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e já contemplados no exercício de 2013/2014. Não há desembolso extra de recursos pela Secretaria de Cultura do Distrito Federal e nem do Metrô-DF para que os mesmos se apresentem.

Programação:
20/3 – Duo Paulo André e Oswaldo Amorim
10/4 – André Togni – baterista
24/4 – Orquestra Marafreboi