Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/04/13 às 16h31 - Atualizado em 8/04/13 às 16h31

Carga embarcada beneficia usuários do Passe Livre Estudantil

COMPARTILHAR

Os alunos beneficiados com o Passe Livre Estudantil (PLE) não precisarão mais comparecer aos postos do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) para fazer a recarga nos cartões ou apresentar a renovação da matrícula. A comodidade será possível com a carga embarcada, sistema lançado nesta segunda-feira (8), em evento realizado no Centro Educacional nº 1, em Planaltina.

Os primeiros alunos beneficiados são os das escolas públicas de Brazlândia, Sobradinho e da Universidade de Brasília (UnB). Em Planaltina, toda a rede oficial de ensino já foi contemplada. “As escolas informarão, todos os meses por via eletrônica, ao Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) os alunos matriculados. Esses estudantes continuarão recebendo o benefício normalmente. O créditos necessários para o deslocamento serão gerados na primeira viagem após a atualização”, explicou o diretor-geral do DFTrans, Marco Antonio Campanella, ao anunciar a novidade.

Ao todo, 115 escolas da rede pública já foram contempladas com o carga embarcada, o que corresponde a mais de 27 mil alunos. Somente na UnB, já são 5 mil  cadastrados  22% dos beneficiados pelo PLE na universidade.

Em 2012, o sistema foi instalado como projeto-piloto. Na área rural são mais de 7 mil beneficiados. Na área urbana, o benefício já alcançou 1,5 mil estudantes de quatro escolas de Ceilândia, Cruzeiro e Planaltina.

“Pretendemos acabar com as filas nos postos até outubro, quando todos os alunos da rede pública já terão feito o cadastro. Eles só precisarão retornar aos postos em caso de mudança de endereço ou troca ou inclusão de linhas”, explicou Campanella. Segundo o diretor, algumas instituições privadas já manifestaram interesse em atualizar o cadastro dos estudantes. “Mas o prazo para implementar o benefício para os alunos dessas instituições deve ir além de outubro”, complementa.

Facilidade – A estudante do 1º ano do Centro Educacional de Planaltina Valéria Miranda procurou a unidade móvel do DFTrans, que esteve no mês passado na administração da cidade, para fazer a atualização e contar com a carga embarcada. “Agora ficou bem mais fácil. Não preciso ir mais até o Conic para fazer a recarga dos créditos”, conta Valéria, que tem que pegar dois ônibus para chegar à escola.

A aluna Isabela Santana também elogiou a iniciativa. Moradora do Jardim Roriz, demorava pelo menos 40 minutos para se deslocar até o posto de Sobradinho para solicitar os créditos. “Os técnicos vieram à escola, recolheram meu cartão e, no mesmo dia, o entregaram atualizado”, relata.